Saturday, October 08, 2011

A PAZ NOVAMENTE AMADOS.
Estarei de agora em diante postando meus comentários com o seguinte estilo Carla Bueno Oliveira,
assim saberão que é o meu comentário pessoal sendo postado ok?
sem mais...
fiquem com Deus.
a paz, bom dia!


PERSEGUIÇÃO AO POVO DE DEUS - PREVISTO NA PALAVRA DE DEUS

LEIS QUE TRAMITAM EM BRASÍLIA CONTRÁRIAS À IGREJA PRINCIPALMENTE EVANGÉLICAS. NOSSOS DEPUTADOS NA CAMARA FEDERAL ESTÃO LUTANDO CONTRA.


'Mas olhai por vós mesmos, porque vos entregarão aos concílios e às sinagogas; e sereis açoitados, e sereis apresentados perante presidentes e reis, por amor de mim, para lhes servir de testemunho.
E sereis odiados por todos por amor do meu nome; mas quem perseverar até ao fim, esse será salvo.'
- Marcos 13:9 e 13
A Bíblia diz que no fim dos tempos os filhos de Deus serão perseguidos e odiados. Veja aqui abaixo algumas leis brasileiras, que,
SE APROVADAS, impedirão a nossa ação à favor do Evangelho no Brasil:
 

Reforma Constitucional – Mudanças no texto da Constituição que garantem a liberdade de culto. Se aprovadas, fica proibido culto fora das igrejas
(evangelismo de rua), cultos religiosos só com portas fechadas.
  1. Projeto nº 4.720/03 – Altera a legislação do 'imposto de renda' das pessoas jurídicas.
  2. Projeto nº 3.331/04 – Altera o artigo 12 da Lei nº 9.250/95, que trata da legislação do imposto de renda das 'pessoas físicas'
    Se convertidos em Lei, os dois projetos obrigariam as igrejas a recolherem impostos sobre dízimos, ofertas e contribuições.
  3. Projeto nº 299/99 – Altera o código brasileiro de telecomunicações (Lei 4.117/62).
    Se aprovado, reduziria programas evangélicos no rádio e televisão a apenas uma hora.
  4. Projeto nº6.398/05 – Regulamenta a profissão de Jornalista
    Contém artigos que estabelecem que só poderá fazer programas de rádio e televisão, pessoas com formação em JORNALISMO,
    Significa que pastores sem a formação em jornalismo não poderão fazer
    programas através desses meios.
  5. Projeto nº 1.154/03 – Proíbe veiculação de programas em que o teor seja considerado preconceito religioso.
    Se aprovado, será considerado crime pregar sobre idolatria, feitiçaria e
    rituais satânicos. Será proibido que mensagens sobre essas práticas
    sejam veiculadas no rádio, televisão, jornais e internet. A verdade
    sobre esse atos contrários a Palavra de Deus, não poderá mais ser
    mostrada.
  6. Projeto nº 952/03 – Estabelece que é crime atos religiosos que possam ser considerados abusivos a boa-fé das pessoas.
    Convertido em Lei, pelo número de reclamações, pastores serão considerados 'criminosos' por pregarem sobre dízimos e ofertas.
  7. Projeto nº 4.270/04[/b] – Determina que comentários feitos contra ações praticadas por grupos religiosos possam ser passíveis de ação civil.
    Se convertido em Lei, as Igrejas Evangélicas ficariam proibidas de pregar sobre práticas condenadas pela
    Bíblia Sagrada, como espiritismo, feitiçaria, idolatria e outras.. Se o
    fizerem, não terão direito a se defender por meio de ação judicial.
  8. Projeto de nº 216/04[/b] – Torna inelegível a função religiosa com a governamental.
    Significa que todo pastor ou líder religioso lançado a candidaturas para qualquer cargo político, não
    poderá de forma alguma exercer trabalhos na igreja.
Existem outros projetos em andamento que ferem princípios bíblicos, entre eles:
Casamento de homens com homens e mulheres com mulheres.
Estabelecer um dia oficial do 'Orgulho Gay' em todas as cidades brasileiras, entre outros.
http://manancialfm.ning.com/profiles/blogs/perseguicao-ao-povo-de-deus

A PROVA DE QUE ISTO ESTÁ MESMO ACONTECENDO SÃO OS DIVERSOS ACESSOS A BÍBLIA DIGITAIS, ONDE AS IGREJAS PODERÃO ACESSAR E NÃO SEREM "PEGAS" USANDO, LENDO A PALAVRA DE DEUS.

Bíblias digitais poderão ser usadas por igrejas perseguidas

Compactadas em CDs, pen drives, Micro SD e DVDs o conteúdo bíblico pode ser acessado em locais onde a Palavra de Deus é proibida sem deixar rastros
O projeto é uma parceria da Bible League International com a Digital Bible Society (DBS) que querem alcançar cristãos da Igreja Perseguida em todo o mundo e também em locais onde o número de Bíblias é insuficiente diante da alta procura.Duas empresas cristãs se juntaram para criar uma biblioteca virtual com várias versões e traduções da Bíblia livre e também com centenas de horas de materiais de áudio e vídeo disponibilizados em DVDs ou em dispositivos de armazenamento digital como cartões de memória.
“Podemos obter estes materiais em áreas onde os crentes são perseguidos e em locais onde a demanda por Escrituras ultrapassa em muito a oferta”, diz Robert T. Frank, CEO global da BLI. “Mesmo em áreas empobrecidas, estamos colocando todo esse material cristão nas mãos de pessoas comuns que não têm dinheiro para comprar sequer uma Bíblia”, complementa.
A Biblioteca Digital da Bíblia utiliza tecnologia de compressão de dados para armazenamento máximo como Micro SD, pen drives, CDs e DVDs, esses dispositivos facilitam a portabilidade e duplicação desses dados. Outra vantagem é que quando um desses dispositivos da biblioteca de armazenamento é removido, ele não deixa rastros no equipamento que utiliza, dando aqueles em áreas perseguidas melhor segurança.
Todo o conteúdo da biblioteca é copyright livre e pode ser reproduzido gratuitamente. “Os grupos que tem parceria com DBS para fornecer o conteúdo da biblioteca concordaram que pode ser copiado gratuitamente, quantas vezes for necessário, para que esses recursos podem ser compartilhados em países onde a aquisição de uma cópia impressa do mesmo uma tradução da Bíblia é difícil se não impossível “, encerra Frank.
Fonte: Gospel Prime



Thursday, October 06, 2011

Notícias nos meios evangélicos:


http://www.folhagospel.com/



Rafinha Bastos: Pastores opinam sobre o caso
A atitude do humorista Rafinha Bastos (foto), afastado do programa CQC, da Band, continua causando controvérsias e críticas, agora entre os líderes evangélicos.

Depois do comentário grosseiro de Rafinha sobre a cantora Wanessa Camargo durante a apresentação ao vivo do CQC, na Band, religiosos se levantaram para repreender a atitude do apresentador e falar sobre a liberdade de expressão.

O pastor Ed René Kivitz, da Igreja batista da água Branca, escreveu um artigo em seu blog a respeito do assunto. O artigo, entitulado “Os loucos, os tolos e os deuses”, que fala sobre os limites da liberdade de expressão.

“Quando alguém cruza a linha e resvala, ainda que irresponsável e displicentemente, no que é considerado sagrado e intocável por uma sociedade, qualquer que seja ela, a resposta é imediata e contundente. O comentário de Rafinha Bastos a respeito de Wanessa Camargo e seu ventre materno extrapolou os limites aceitáveis”, disse Kivitz em seu artigo.

Segundo ele, a questão é distinguir quais são os tais limites à liberdade que devem ser aceitos. “Há os que escolhem a própria consciência como paradigma único”, diz o pastor. Para Kivitz, alguns desses personagens foram considerados pela sociedade como loucos, rebeldes, ou ávidos pela fama a qualquer preço, além de prepotentes e com falhas de caráter.

O pastor batista faz uma ponderação a respeito do que chama de ‘personalidades à frente do seu tempo’, como pessoas que construíram novos paradigmas de civilização, e cita Jesus de Nazaré: “são personalidades à frente de seu tempo que hoje reverenciamos, e um deles até hoje é considerado Deus – Jesus de Nazaré”.

Kivitz analisa a cultura do humor no Brasil, dizendo que enquanto não se pode fazer piada sobre a pedofilia, se pode fazer piada sobre Jesus. “No Brasil, você pode contar piada sobre Jesus, José e Maria, mas não pode fazer graça com pedofilia. Quem não respeita limites impostos pelo consenso para a sua liberdade, cedo ou tarde acaba crucificado. O tempo se encarrega de mostrar se o morto será esquecido como louco, sepultado como tolo, ou adorado como Deus”, conclui o líder evangélico.

Outros pastores também divulgaram sua opinião sobre o caso em seus blogs. Foi o caso de Márcio de Souza, diretor do Seminário Teológico Casa do Oleiro.

“É o fim da picada. Esse cara tem que ser preso. Quero ver os defensores do humor partir em defesa do seu queridinho agora”, opinou o líder evangélico.

Fonte: The Christian Post

Oito cristãos são presos por orar em local público
Em um relatório sobre a liberdade religiosa internacional, publicado pela Secretaria do Estado dos EUA, diz que a Índia garante que protege a liberdade religiosa, mas em alguns estados existem leis que protegem o ato de perseguir os cristãos.

“Não parece haver trégua à onda de repressão aos cristãos. Esses oito cristãos não estavam fazendo nada inconstitucional, nem houve uma situação de desordem”, disse Sajan K. George, presidente do Conselho Global de Cristãos Indianos (GCIC).

Ele esbraveja, contando outro caso de perseguição contra os cristãos em Andhra Pradesh, onde a polícia prendeu oito cristãos, que foram acusados por um grupo de ativistas do RSS (grupo hindu ultranacionalista) de praticar proselitismo.

Os oito cristãos, que pertencem à Igreja Brethen, estavam orando na rua. Cerca de cem extremistas hindus da RSS os cercaram, acusando-os de converter as pessoas à força.

A polícia tentou dispersar a multidão, levando os cristãos para a delegacia. Mas os ativistas cercaram a delegacia, forçando os policiais a prender os cristãos, conforme o código penal da Índia, no artigo 153/A (promover inimizade entre diferentes grupos em razão de religião, língua, raça ou origem).

“Os cristãos não violaram nenhuma lei, mas foram presos. Em vez disso, o grupo hindu causou agitação, perturbação da ordem pública e despertou sentimento de desconfiança contra os cristãos, mas continuam impunes”, disse Sajan George.

Em um relatório sobre a liberdade religiosa internacional, publicado pela Secretaria do Estado dos EUA, diz que a Índia garante que protege a liberdade religiosa, mas em alguns estados existem leis que protegem o ato de perseguir os cristãos.

Atualmente, o GCIC realizou um comício em Nandagiri, Orissa, para lembrar os ataques violentos que ocorreram em Kandhamal em 2008. Nandagiri é uma colônia onde 54 famílias católicas e 17 evangélicas fugiram de suas aldeias, durante os ataques, enquanto estavam sendo reassentadas.

Fonte: Missão Portas Abertas


Crentes.Net

Pastor é alertado pela polícia a retirar placa e cruz de igreja

A polícia ordenou que um missionário retirasse a cruz e a placa com o nome de sua igreja da frente do templo. Se ele não obedecer, as autoridades locais afirmaram que irão retirá-los à força.
O pastor Kian Mettur lidera a igreja de 40 membros há dois anos. Ele foi intimado a comparecer na delegacia de polícia no dia 23 de julho, após extremistas anticristãos registrarem uma queixa contra a igreja.
O policial disse para Kian que ele teria que remover a cruz e a placa da igreja porque os moradores olhavam para ela e ficavam interessados em saber quem é Jesus. Isso aconteceu no dia 30 de julho.
O pastor Kian se recusou a tirar a cruz e a placa, e continuou realizando os cultos normalmente. Esta semana, o pastor Kian foi liderar um treinamento em uma cidade próxima.
O pastor Kian pede oração para que, se a polícia for até a igreja enquanto ele não estiver, que sua esposa e filhos não sejam maltratados e os itens destruídos. Ele também pede oração para que os membros de sua igreja permaneçam firmes, e os policiais e extremistas conheçam o Senhor Jesus.
Fonte: Missão Portas Abertas

Fonte: http://www.elnet.com.br/canais_interna.php?materia=7137



Grata

a paz do Senhor Jesus
Gratidão, gratidão porque passei por aqui que haviam muitos comentários a moderar, continuem assim amados, me comprometo a atualizar este blog sempre, quem quiser me mandar textos por favor encaminhe para carlinha.poetisa@hotmail.com

Friday, October 29, 2010

voltando


Olá amigos, paz!
Estou muito agradecida pelos comentários e colaborações, aliás eu nem vinha aqui achando que o blog estava esquecido, e que surpresa tive viu, gostei muito da interação de todos.
Ben, não é segredo para ninguém a nossa preocupação atual: eleiçes presidenciais 2010, de quem será o seu voto? e porque? Deus abençoe

Monday, March 15, 2010

ajuda

pessoAL PRECISO DE COLABORAÇÕES DE ARTIGOS PARA ESSE BLOG URGENTE!

Objetivos do Blog

a paz irmãos

venho neste post pedir a colaboração de todos no intuito

Wednesday, June 03, 2009

Mudança climática já causa 315 mil mortes por ano, diz estudo

LONDRES (Reuters) - A mudança climática mata cerca de 315 mil pessoas por ano, de fome, doenças ou desastres naturais, e o número deve subir para 500 mil até 2030, segundo um relatório divulgado nesta sexta-feira pelo Fórum Humanitário Global (FHG), entidade com sede em Genebra.

O estudo estima que a mudança climática afete seriamente 325 milhões de pessoas por ano, e que em 20 anos esse número irá dobrar, atingindo o equivalente a 10 por cento da população mundial da atualidade (6,7 bilhões).

Os prejuízos decorrentes do aquecimento global já superam os 125 bilhões de dólares por ano — mais do que o fluxo da ajuda dos países ricos para os pobres — e devem chegar a 340 bilhões de dólares por ano até 2030, segundo o relatório.

“A mudança climática é o maior desafio humanitário emergente do nosso tempo, causando sofrimento para centenas de milhões de pessoas no mundo todo”, disse nota assinada pelo ex-secretário-geral da ONU Kofi Annan, presidente do FHG.

“Os primeiros atingidos e os mais afetados são os grupos mais pobres do mundo, embora eles pouco tenham feito para causar o problema”, acrescentou.

De acordo com o estudo, os países em desenvolvimento sofrem mais de 90 por cento do ônus humano e econômico da mudança climática, embora os 50 países mais pobres respondam por menos de 1 por cento das emissões de gases do efeito estufa.

Annan defendeu que a conferência climática de dezembro da ONU em Copenhague aprove um tratado eficaz, justo e compulsório para substituir o Protocolo de Kyoto. “Copenhague precisa ser o acordo internacional mais ambicioso já negociado”, escreveu Annan na introdução do relatório. “A alternativa é a fome em massa, a migração em massa e a doença em massa.”

O estudo alerta que o real impacto do aquecimento global deve ser muito mais grave do que o texto prevê, já que sua base são os cenários mais conservadores estabelecidos pela ONU. Novas pesquisas científicas apontam para uma mudança climática maior e mais rápida.

O relatório pede especial atenção às 500 milhões de pessoas consideradas extremamente vulneráveis, por viverem em países pobres propensos a secas, inundações, tempestades, elevação do nível dos mares e desertificação.

Dos 20 países mais vulneráveis, 15 ficam na África, segundo o estudo. O Sul da Ásia e pequenos países insulares também são muito afetados.

O texto diz que, para evitar o pior, seria preciso multiplicar por cem os esforços de adaptação à mudança climática nos países em desenvolvimento. Verbas internacionais destinadas a isso alcançam apenas 400 milhões de dólares por ano, enquanto o custo estimado da mudança climática fica em 32 bilhões de dólares.

“O financiamento dos países ricos para ajudar os pobres e vulneráveis a se adaptarem à mudança climática não chega nem a 1 por cento do que é necessário”, disse Barbara Stocking, executiva-chefe da ONG britânica Oxfam e integrante do conselho diretor do FHG. “Esta flagrante injustiça precisa ser resolvida em Copenhague em dezembro.”

(Reportagem de Megan Rowling)

fonte: Reuters